terça-feira, 12 de maio de 2009

Teoria do Espelho

Para a teoria do espelho as notícias são como são porque a realidade assim o determina. O bom jornalista deve relatar o fato da maneira como ela se apresenta, sem qualquer intervenção, segundo a teoria, desta forma o profissional escreveria a matéria de forma impessoal, ouviria os dois lados ou mais, seria a garantia de ter um retrato fiel da realidade, como a fotografia.

A teoria foi criada a partir da profissionalização do jornalismo, que deixa de ser literário e ideologia e passa a ser apenas informativo.

Mas a partir do século XIX o jornalismo deixa de ser um serviço e virá um negócio, fazendo com que o veículo, veicule o que vende ou o que o seu leitor.

Nesse sentido a teoria do espelho é criticada, como aponta Felipe Pena, que o espelho pode não mostra todos os ângulos, pois há dois tipos os planos e esféricos, podendo ser refletido muitas vezes o que não é a realidade do fato no momento, deixando a imparcialidade de lado devido a distorções que possam acontecer.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postar um comentário